A Agência Nacional de Energia Elétrica aprovou o aumento de 1 real e 50 centavos para 2 reais na bandeira amarela a cada 100 quilowatts consumidos. A cobrança extra é acionada quando a produção de energia fica com custos mais altos, geralmente em períodos de seca.