Neste domingo, 875 PMs retornaram às ruas, mesmo com os bloqueios feitos por mulheres em frente aos batalhões. Desde o início do motim, no sábado passado, nada menos que 142 homicídios foram registrados no Estado.

Rio de Janeiro

No Rio de Janeiro, ainda há protestos em frente a 27 batalhões, mas – segundo a PM – o policiamento não é afetado. Os parentes dos agentes reivindicam o pagamento do 13º salário e de metas atrasadas. Mais de 90% do efetivo está nas ruas.